ANTÍGONA 2084

Antígona 2084 é uma atualização do clássico de Sófocles, enfatizando a perenidade da questão da filha de Édipo, o seu conflito entre o pessoal e o social.

Não é preciso ir longe para perceber como continuamos a nos deparar com as mesmas dúvidas que exigem uma tomada de posição de todos e de cada um.

Como a tragédia original, esta peça narra um processo de ascese, de busca de um nível superior de consciência na esfera do particular e do coletivo.

Sem ideologias, sem verdades pré estabelecidas,o ser humano em busca de si mesmo.

Foi escrita para o projeto Ocupação Antígona

do teatro da Funarte em São Paulo em 2013, reunindo os quase 20 anos de realizações da trupe de bonecos

Cia. Stromboli com o desabrochar do jovem Teatro Cru. Reuniu os talentos de João Grembecki e de jovens egressos da escola de Artes do Corpo da PUC, encabeçados por Lenita Ponce.

            Ao lado de  produções convidadas, a sequência de espetáculos da Stromboli traçava uma peculiar biografia do ser humano, começando com a fábula do Casamento da Baratinha, evoluindo para a coletânea de histórias morais de Sherazade, para desembocar no conto de fadas clássico A bela e a fera, com sua carga mítica e universal.

            A culminância do projeto era o mito em si, a história de Antígona, arquétipo do enfrentamento entre o pessoal e o social, entre o cidadão e o sistema, entre a consciência individual e o arbítrio do poder constituído.

Registro na Biblioteca Nacional 611.827

GALERIA

Ficha técnica:

Texto – José Rubens Siqueira

Direção geral – João Grembecki

Elenco

Lenita Ponce, Affonso Lobo, Daniel Granieri, Lua Tatit, Maria Eduarda Machado, Joy Japy, Paulo Carvalho, Paulo Brito, Layna Bueno

e a voz de Paulo Betti.

Assistente de direção e coordenação de vídeos – Beto de Faria

Cenário e figurino – Cia. Stromboli Trilha sonora – João Grembecki Desenho de luz – Denilson Marques 

Preparação corporal – Lua Tatit Vídeo – Coletivo RE(C) Organize Fotografia – João Caldas

Operação de luz – Taiguara Chagas, Juliana Tedeschi Operação de vídeo e som – Carol Vaz

Teaser e projeto gráfico – Malu Santiago Assessoria -- Pombo Correio

Produção – Cia. Stromboli e Teatro Cru Produção executiva – Lenita Ponce e João Grembecki